Os paises integrantes do mercosul diante das transformaçoes ocorridas no mundo do trabalho.

INTRODUÇÃO Na atualidade, ocorre no mundo todo uma profunda revolução que atinge com inusitada velocidade o dia-a-dia das pessoas e as formas de existência dos Estados. Ocorre uma rearticulação das relações de poder, da divisão internacional do trabalho e da riqueza, das regulações que determinam o...

Descripción completa

Detalles Bibliográficos
Autores principales: Franchi da Silva, Juliana, Rubia Bueno D’ Almeida, Rozelaine
Formato: Working Paper
Lenguaje:other
Publicado: Universidad de Belgrano. Red Latinoamericana de Cooperación Universitaria. RLCU. 2013
Materias:
Acceso en línea:http://repositorio.ub.edu.ar/handle/123456789/1472
Aporte de:Repositorio Institucional - Universidad de Belgrano (UB) de Universidad de Belgrano Ver origen
Descripción
Sumario:INTRODUÇÃO Na atualidade, ocorre no mundo todo uma profunda revolução que atinge com inusitada velocidade o dia-a-dia das pessoas e as formas de existência dos Estados. Ocorre uma rearticulação das relações de poder, da divisão internacional do trabalho e da riqueza, das regulações que determinam o grosso do relacionamento entre países, regiões ou blocos de países. As estruturas da época da Guerra Fria desapareceram e são substituídas por um novo ordenamento, em nível mundial interno de cada país. Novas regras mais abertas, de circulação de mercadorias e serviços, sob a coordenação de uma nova entidade - a Organização Mundial do Comércio (OMC) - com mais poder, novas formas de propriedade intelectual, redução do poder dos Estados nacionais mais fracos na definição de suas políticas e a própria flexibilização de fronteiras nacionais como fator de poder e de soberania destes mesmos Estados.