Agricultura, questao agrária e reforma agrária no Brasil do século XX

Este trabalho tem início com uma indagação: por que tem sido tão freqüente, no meio acadêmico e na produção historiográfica brasileira, durante anos recentes, a falta de clareza com que são tratados significantes tão distintos quanto “reforma agrária” e “questão agrária”? Recordando, com base em Pie...

Descripción completa

Detalles Bibliográficos
Autor principal: Mendonça, Sonia Regina de
Formato: Articulo
Lenguaje:Portugués
Publicado: 2003
Materias:
Acceso en línea:http://sedici.unlp.edu.ar/handle/10915/11489
http://www.trabajosycomunicaciones.fahce.unlp.edu.ar/article/view/TYC2002n28-29a03/pdf_108
Aporte de:SEDICI (UNLP) de Universidad Nacional de La Plata Ver origen
Descripción
Sumario:Este trabalho tem início com uma indagação: por que tem sido tão freqüente, no meio acadêmico e na produção historiográfica brasileira, durante anos recentes, a falta de clareza com que são tratados significantes tão distintos quanto “reforma agrária” e “questão agrária”? Recordando, com base em Pierre Bourdieu, que o poder simbólico consegue transformar relações de dominação/submissão, em relações afetivas e, mais ainda, que quanto maior o sentimento mobilizado, maior é o grau de ocultamento das diferenças -sejam elas sociais, políticas, acadêmicas ou de qualquer espécie-, sendo ofuscada, neste processo, a própria operação de violência perpetrada, parto do princípio de que, no campo da história e das ciências sociais, nenhuma escolha de palavras é ingênua ou neutra.